Veículo: Valor Econômico

Unidade será na região Sul, receberá aportes de R$ 100 milhões e começará a operar em 2022

Amata no valor - Amata planeja nova fábrica para atender construção civil Este trecho é parte de conteúdo que pode ser compartilhado utilizando o link https://valor.globo.com/empresas/noticia/2020/02/12/amata-planeja-nova-fabrica-para-atender-construcao-civil.ghtml ou as ferramentas oferecidas na página. Textos, fotos, artes e vídeos do Valor estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não reproduza o conteúdo do jornal em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização do Valor (falecom@valor.com.br). Essas regras têm como objetivo proteger o investimento que o Valor faz na qualidade de seu jornalismo.

Ana Bastos, presidente da Amata, aposta no aumento da demanda por materiais sustentáveis para edificações — Foto: Claudio Belli/Valor

 

A Amata – fornecedora de madeira para empresas de papel e celulose e serrarias – está apostando no aumento da demanda por materiais sustentáveis para edificações, com investimentos de R$ 100 milhões na montagem da primeira fábrica de madeira preparada para atender esse objetivo e que deve começar a operar em 2022. O produto resulta do corte de lâmi

 

Leia a matéria completa

 

voltar [<]